Notícias


Sistema de telegestão da iluminação pública em Almada


A Câmara Municipal de Almada, em colaboração com a AGENEAL, vai instalar um sistema de telegestão de iluminação pública que permitirá reduzir os consumos até 40%.

Em muitos municípios a operação da iluminação pública é responsável por grande parte dos consumos de energia e consequentes emissões de CO2 (associadas à produção de electricidade), associados às suas actividades. A utilização de medidas de racionalização do consumo, como a introdução de luminárias mais eficientes, equipamentos de regulação de fluxo, sistemas de telegestão entre outros toma por isso uma importância cada vez maior.

Os sistemas de telegestão permitem gerir remotamente a iluminação pública definindo reduções de fluxo luminoso em horas em que este não é necessário. Para além dos óbvios benefícios em termos de consumo de energia, é possível reduzir custos com operações de manutenção, assim como aumentar a eficácia das operações de gestão uma vez que é possível saber com exactidão o local e os componentes afectados quando existe alguma avaria.

Sistema de telegestão da iluminação pública em Almada

No concelho de Almada a iluminação pública é responsável por 64% das emissões relacionadas com a actividade municipal e por um consumo de energia que ultrapassa os 21 GWh por ano, ao que se associa uma factura energética considerável.

Para além do esforço constante de reformular os sistemas existentes e a procura das soluções mais eficientes em novos investimentos, a Câmara Municipal de Almada, em colaboração com a AGENEAL, planeia instalar a curto prazo um sistema de telegestão de iluminação pública que permitirá reduzir os consumos até 40%, melhorar as operações de manutenção e gerir de forma flexível e remotamente a iluminação pública. De forma a acautelar possíveis receios de segurança em consequência do menor fluxo luminoso, este sistema disporá de sensores que permitirão ao sistema autoregular-se de acordo com o fluxo de utilização das vias, sejam elas pedonais ou rodoviárias.

Neste contexto, a Câmara Municipal de Almada tomou, no dia 6 de Outubro, a decisão de adjudicar o fornecimento do sistema de telegestão de iluminação pública.

Este projecto é co-financiado pela Comissão Europeia através do programa  ICT-PSP (Information and Communication Technologies - Policy Support Programme), no âmbito do projecto europeu BEST Energy, que pretende avaliar o contributo nas novas tecnologias de informação e comunicação para atingir os objectivos de eficiência energética.